logo-mini

O que esperar da nova versão do Google AdWords?

Compartilhe

O evento anual do Google, onde as principais novidades dentro das plataformas próprias são apresentadas, bem como as tendências gerais para marketing digital para o ano seguinte, ocorreu no mês de julho e trouxe algumas novidades e mudanças relacionadas ao Google AdWords, que em breve abandonará esse nome.

 

Atualmente,o AdWords é a principal fonte de receita do Google. Apenas nos primeiros três meses de 2018 a companhia faturou bilhões de dólares com este produto, e com as mudanças anunciadas, a multinacional nascida nos Estados Unidos irá introduzir o Google Ads.

 

Entre as principais mudanças está uma reformulação da interface do serviço de anúncios pagos.  Mas quais as outras mudanças que virão com essa nova versão do Google AdWords?

 

Até o momento, os links patrocinados do AdWords eram todos exibidos acima dos resultados orgânicos da busca. Em alguns casos, os anúncios poderiam também ocupar um espaço na parte inferior da página ou em uma coluna lateral, o que não deverá mais existir. Agora, apenas o posicionamento no início e no final das páginas será mantido, e além do mais, termos de alta relevância poderão aparecer em maior quantidade nos links patrocinados.

 

Graças a essas mudanças, o espaço para os anúncios orgânicos será um pouco reduzido entre os resultados de busca. Para quem vem trabalhando SEO em suas estratégias de Inbound Marketing essa informação é especialmente relevante, e por outro lado, há ainda a perspectiva de que os anúncios no Google AdWords se tornem também mais caros. Ainda que se trate apenas de uma hipótese, a qual apenas o tempo confirmará ou não, é importante ressaltar que a atualização do sistema não trata qualquer tipo de prejuízo particular para quem já possui uma conta.

 

O google também está de olho nas empresas de menor porte, que acabam muitas vezes por não investir muito no AdWords. O projeto é conseguir adequar os seus serviços às marcas de diferentes tamanhos e diferentes necessidades. Se tratando de funcionalidade, tudo o que já é conhecido será mantido. A diferença estará na agilidade e simplicidade com a qual os recursos se apresentarão aos usuários.

 

Além dessas novidades, algumas outras ficam por conta das mudanças na interface dos produtos, que têm como objetivo estabelecer um padrão visual para as ferramentas e viabilizar uma gestão ágil dos links patrocinados, além de investir em um visual mais limpo.